Russo deve ‘ultrapassar’ Esquiva e disputar o título mundial diante de Rob Brant

Data provável da luta é 15 de fevereiro, em Hinckley, Minnesota, cidade natal do campeão norte-americano. Brasileiro negocia participação na preliminar

Wilson Baldini Jr.

02 de janeiro de 2019 | 20h22

 

 

 

O russo Khasan Baysangurov deve disputar o título mundial dos médios, versão Associação Mundial de Boxe (AMB), dia 15 de fevereiro, em Hinckley, Minnesota, diante do campeão Rob Brant.

Com isso, o boxeador europeu ‘ultrapassa’ o brasileiro Esquiva Falcão, que chegou a ser cogitado para enfrentar o norte-americano, que derrotou o japonês Ryota Murata, em 20 de outubro, por pontos.

Segundo Sergio Batarelli, conselheiro de Esquiva, o medalhista de prata em Londres-2012 negocia a participação em uma das 11 lutas preliminares programadas para o evento.

O invicto Baysangurov, de 21 anos, tem um cartel modesto de 17 vitórias, com sete nocautes. É o oitavo colocado no ranking dos médios da AMB, enquanto Esquiva é o sexto.

Na lista do Conselho Mundial de Boxe, a superioridade do brasileiro é ainda maior. Esquiva é o 13º e o russo, o 33º. Na Organização Mundial de Boxe, Baysangurov é o 14º, enquanto Esquiva não aparece.

O brasileiro dá o troco na Federação Internacional de Boxe, onde surge em oitavo e o russo fica de fora.

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeEsquiva FalcãoTop RankRob Brant

Tendências: