Ryan Garcia e Devin Haney poderão ser as novas versões de Oscar De La Hoya e Floyd Mayweather

Ryan Garcia e Devin Haney poderão ser as novas versões de Oscar De La Hoya e Floyd Mayweather

Boxeadores são muito novos, mas demonstram grande potencial para atingir um patamar elevado em suas carreiras em pouco tempo

Wilson Baldini Jr.

27 de setembro de 2019 | 10h35

 

Os dois são norte-americanos, jovens, lutam na categoria dos leves, estão invictos e possuem grande potencial para atingir um patamar de destaque no cenário internacional. Seus nomes: Ryan Garcia e Devin Haney. Guardadas as devidas proporções, Garcia lembra Oscar De La Hoya, enquanto Haney tem um estilo parecido ao de Floyd Mayweather. Coincidentemente, as duas lendas dirigem a trajetória dos novatos.

Garcia tem 21 anos, 1,78 metro de altura e soma 18 vitórias, com 15 nocautes, após 27 meses de carreira profissional. Sua maior característica é a velocidade espantosa nos braços e o forte cruzado de esquerda.

Haney, de 20 anos, soma 23 vitórias, 15 nocautes, em 33 meses de carreira e mede 1,73 metro. A variedade de golpes é o seu destaque, com preferência pelo swing de direita.

Eles voltam a lutar no início de novembro. A expectativa é de que possam disputar um título mundial no início de 2020. O boxe pode ganhar dois grandes nomes para a próxima década. Vale a pena conferir.

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: