Saul Canelo Alvarez abdica do título mundial dos médios da AMB

Mexicano vai seguir com o título dos supermédios e já poderá subir no ringue em fevereiro, em Guadalajara, sua cidade natal

Wilson Baldini Jr.

02 de janeiro de 2021 | 13h28

 

Sem defender o cinturão desde maio de 2019, quando derrotou o norte-americano Daniel Jacobs, o mexicano Saul Canelo Alvarez abdicou do título dos médios da Associação Mundial de Boxe.

A intenção de Canelo, como já havia anunciado anteriormente seu treinador, Eddie Reynoso, é unificar os títulos dos supermédios. O mexicano já é campeão pela AMB, quando bateu no último dia 19, o britânico Callum Smith.

Seu próximo desafio já poderá ser em fevereiro em Guadalajara, México, sua cidade natal.

Com isso, abre espaço para que o japonês Ryota Murata seja reconhecido como “supercampeão” da entidade nesta categoria e poderá ter um duelo com o britânico Chris Eubank, campeão interino.

O argentino Sergio Martinez, que voltou a lutar aos 45 anos e ocupa a quinta colocação no ranking da AMB, é outro com possibilidade de disputar o título.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeCanelo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.