Saul Canelo Alvarez se torna o primeiro boxeador latino-americano campeão unificado

Saul Canelo Alvarez se torna o primeiro boxeador latino-americano campeão unificado

Mexicano derrotou o norte-americano Caleb Plant, por nocaute no round 11, neste sábado, em Las Vegas, e ficou com os quatro cinturões dos supermédios

Wilson Baldini Jr.

07 de novembro de 2021 | 03h24

Saul Canelo Alvarez se tornou o primeiro boxeador latino-americano campeão unificado. O mexicano derrotou o norte-americano Caleb Plant, neste sábado, por nocaute no round 11, em Las Vegas, e ficou com os quatro cinturões dos supermédios (CMB, OMB, FIB e AMB).

 

 

Além dos títulos, Canelo, de 31 anos, recebeu US$ 40 milhões de bolsa, enquanto Plant, de 29 anos, ficou com US$ 10 milhões. O campeão soma 57 vitórias (39 nocautes), uma derrota e dois empates, enquanto o lutador dos Estados Unidos perdeu a invencibilidade, após 21 vitórias (12 nocautes).

Como sempre acontece, Canelo iniciou a luta estudando muito os movimentos do adversário. Plant soube usar sua maior envergadura para manter o rival longe. Mas logo no segundo assalto, o mexicano já acertou a distância e partiu para o ataque.

Alternando momentos de ataques constantes, com outros de espera com as costas nas cordas, Canelo somou vitórias em pelo menos sete rounds e soube esperar o momento certo para soltar a esquerda em cruzado, que explodiu no rosto de Plant, que antes de cair ainda recebeu mais um upper. Após receber a contagem protetora, Plant voltou a ser derrubado e o juiz paralisou com correção o combate.

Ao final, Canelo recebeu uma coroa de “rei dos supermédios”. Ele liderava a luta também nas tarjetas dos jurados: 98 a 92, 96 a 94 e 97 a 93. “Vou me reunir com a minha equipe em janeiro e penso em voltar a lutar em maio. Após quatro lutas em 11 meses, meu corpo precisa de descanso.”

Antes de Canelo, apenas seis boxeadores haviam unificado os quatro títulos mundiais na mesma categoria. São eles:

1 – Bernard Hopkins – peso médio

2 – Jermain Taylor – peso médio

3 – Terence Crawford – peso meio-médio-ligeiro

4 – Oleksandr Usyk – peso cruzador

5 – Teofimo López – peso leve

6 – Josh Taylor – peso meio-médio-ligeiros

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeCanelo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.