Técnico de Esquiva Falcão rebate críticas do empresário Bob Arum

Robert Garcia não gostou dos comentários do dono da Top Rank sobre a atuação de Mickey Garcia, seu irmão, diante de Errol Spence Jr.

Wilson Baldini Jr.

19 de março de 2019 | 09h17

 

Robert Garcia não gostou dos comentários do empresário Bob Arum, dono da Top Rank, sobre a atuação de Mickey Garcia, seu irmão, diante de Errol Spence Jr., sábado, em Dallas.

“Ao contrário de Mikey Garcia, Amir Khan entra em uma luta com a intenção de vencer. Sua capacidade de boxe, que é fenomenal, se encaixa diante do estilo de Terrence Crawford. Ele é capaz de deixar de ser uma zebra”, disse Arum. Robert devolveu. “Rindo. Seu velho, você não deve ter tomado seus remédios hoje pela manhã. Estúpido.”

Entre muitos outros boxeadores, Robert Garcia treina também o brasileiro Esquiva Falcão, que luta dia 31, em Mangaratiba, Rio. O brasileiro também tem contrato com a Top Rank.

Já o britânico Amir Khan, elogiado por Arum, luta dia 20 de abril contra o norte-americano Terence Crawford.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.