Teofimo Lopez é uma grande ameaça para Vasyl Lomachenko

Teofimo Lopez é uma grande ameaça para Vasyl Lomachenko

Norte-americano não precisou de dois roundes para derrotar o ganês Richard Commey e conquistar o título mundial dos leves da FIB

Wilson Baldini Jr.

15 de dezembro de 2019 | 13h12

 

Logo após derrotar o ganês Richard Commey, por nocaute técnico no segundo assalto, sábado à noite, no Madison Square Garden, em Nova York, e dar o seu mortal característico para festejar o triunfo, o norte-americano Teofimo Lopez posou para fotos ao lado do ucraniano Vasyl Lomachenko.

Os dois devem se enfrentar em abril. Em êxtase, o empresário Bob Arum, dono da Top Rank, empresa detentora dos direitos das lutas dos dois pugilitas, invadiu o ringue e anunciou a grande luta, que vai unificar os cinturões dos leves, pois Lopez é campeão pela Federação Internacional de Boxe, enquanto Lomachenko é dono dos títulos da Associação Mundial, Orgnização Mundial e Conselho Mundial de Boxe.

Diante de Commey, Lopez demonstrou mais uma vez sua impressionante explosão muscular. O primeiro round foi de estudos e o filho de hondurenhos calculou precisamente a distância e os movimentos do adversário. Desta forma, o contragolpe saiu preciso no segundo assalto e explodiu no rosto do lutador africano, que ainda se levantou, mas, o duelo foi paralisado pelo juiz após saraivada de golpes.

Aos 22 anos, Lopez permanece invicto e soma 15 vitórias (12 nocautes). Lomachenko, de 31 anos, bicampeão mundial amador e duas vezes medalha de ouro olímpica, também acumula 15 combates, com 14 vitóriasz nocautes) e uma derrota.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.