Tyson Fury ‘venceu’, Deontay Wilder empatou e Anthony Joshua ‘perdeu’

Tyson Fury ‘venceu’, Deontay Wilder empatou e Anthony Joshua ‘perdeu’

Apesar do empate em Los Angeles, britânico saiu com grande moral do confronto. Americano não perdeu credibilidade, enquanto inglês, fora do evento, foi o 'derrotado'

Wilson Baldini Jr.

02 Dezembro 2018 | 16h12

 

Para se tornar um grande campeão no boxe não se pode escolher adversários ou data para enfrentar os grandes obstáculos. É necessário encarar os melhores de sua geração. Anthony Joshua acumula três cinturões (AMB, FIB e OMB), mas lhe falta as grandes lutas.

É verdade que o inglês aposentou o ucraniano Wladimir Klitschko, mas ele, como dono de vários cinturões, não poderia deixar que Tyson Fury, vindo de uma retirada de três anos, enfrentasse Deontay Wilder antes dele.

Para piorar a situação de Joshua, Wilder x Fury foi uma grande luta e terminou empatada. Fury foi melhor e merecia a vitória, mas Wilder conseguiu dois knockdows, que incendiaram o duelo.

Fury deixou o ringue cantando e com moral de campeão. Wilder não reclamou do empate e praticamente garantiu uma segunda luta com Fury. Enquanto isso, Joshua viu tudo pela televisão, lá da Inglaterra, quase na manhã de domingo, e sofreu com uma onda de desconfiança com relação a sua capacidade.

Joshua tem os tem os títulos, mas a categoria dos pesos pesados possui novos donos.

Mais conteúdo sobre:

boxeboxingDeontay WilderTyson Fury