Uma homenagem aos 60 anos de Ayrton Senna

Uma homenagem aos 60 anos de Ayrton Senna

Blog abre espaço especial para um dos maiores ídolos do esporte brasileiro, tricampeão mundial de Fórmula 1 (1988, 1990 e 1991)

Wilson Baldini Jr.

21 de março de 2020 | 18h30

 

O blog abre espaço especial para um dos maiores ídolos do esporte brasileiro. Neste sábado, dia 21, Ayrton Senna completaria 60 anos. Morto em 1.º de maio de 1994, aos 34 anos, após bater sua Williams na curva Tamborello, no circuito de Imola, na Itália.

Em homenagem ao eterno tricampeão mundial de Fórmula 1 (1988, 1990 e 1991), o blog lembra alguns acontecimentos do boxe em 1960, data de seu nascimento.

— Eder Jofre ganha o título mundial dos galos em Los Angeles

— Muhammad Ali conquista a medalha de ouro em Roma

— Paul Pender derrota Sugar Ray Robinson e conquista o primeiro título mundial da década

— Gene Fullmer empata com Joey Giardello para manter o cinturão mundial dos médios

— Floyd Patterson torna-se o primeiro peso pesado da história a reconquistar o título mundial, ao derrotar Ingemar Johansson

— Na revanche, Pone Kingpetch supera Pascual Perez por nocaute no oitavo assalto  e mantém o títulos dos moscas

— Gene Fullmer mantém o títulos dos médios, após empatar com Sugar Ray Robinson, após 15 assaltos.

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeAyrton SennaEder JofreMuhammad Ali

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: