Vitória de Canelo é ‘nocauteada’ pela imprensa esportiva brasileira

Vitória de Canelo é ‘nocauteada’ pela imprensa esportiva brasileira

Mexicano supercampeão ganha mais dinheiro que Lewis Hamilton, Roger Federer e LeBron James, mas é ignorado pela mídia nacional

Wilson Baldini Jr.

17 de dezembro de 2018 | 16h17

 

Saúl Canelo Álvarez venceu sua primeira luta sob o contrato de US$ 365 milhões, sábado, em Nova York. Mas a imprensa esportiva do Brasil simplesmente ignorou o fato.

Talvez porque Canelo não seja brasileiro… Não! Lewis Hamilton, Roger Federer e LeBron James também não são brasileiros. E o Brasil está em baixa em suas modalidades.

A Fórmula 1 não teve nenhum brasileiro em ação em 2018, mas continua com público no Brasil. O tênis nacional não tem ninguém desde Guga, mas segue com sua legião de fãs. O basquete tupiniquim acumula fracassos, mas sempre foi e sempre será interessante acompanhar seus jogos pelas quadras por todo o país.

A motovelocidade, com a inigualável motoGP, é o esporte mais espetacular para se ver na televisão e Alexandre Barros abandonou as pistas da principal categoria do motociclismo em 2007.

Isso também acontece com o boxe, que não tem um ídolo desde Acelino Popó Freitas, mas é garantia de audiência em todos os canais onde os combates são transmitidos nas noites de sábado.

“Uma vez disseram que o brasileiro não gosta de esporte. Gosta de vencedores.” Depois de 31 anos de jornalismo esportivo começo a desconfiar desta afirmação. Talvez quem prefira os vencedores seja a imprensa “ignorante” em esporte e que siga apenas os vencedores.

Aprendi a gostar de boxe lendo nos jornais matérias sobre Muhammad Ali, Sugar Ray Leonard e Eder Jofre, lendas que não tinham suas lutas transmitidas pela TV. Naquela época não existiam os canais de futebol ou melhor canais de esporte.

Notícia era o fato que era relevante ao público. Se tínhamos um grande evento, com boxeadores importantes, isso era apresentado ao leitor-telespectador. Pois a luta de Canelo não foi noticiada em lugar algum. E não me venham com o papo de que se tratava de um evento do SporTV e então os demais canais não podem noticiar. Pura bobagem! Pois o futebol só tem transmissão dos canais Globo e todo mundo comenta até a exaustão 24 horas por dia.