Wanderson de Oliveira elimina japonês e fica a uma vitória do pódio no Mundial de Boxe

Wanderson de Oliveira elimina japonês e fica a uma vitória do pódio no Mundial de Boxe

Meio-médio-ligeiro venceu por decisão dividida dos jurados (3 a 2) e volta a lutar nesta quarta-feira em Ecaterimbugo, na Rússia

Wilson Baldini Jr.

17 de setembro de 2019 | 09h05

 

Rápido, forte e com um contragolpe eficaz, o meio-médio-ligeiro (até 63 quilos) Wanderson de Oliveira derrotou, nesta terça-feira, o japonês Daisuke Narimatsu, por decisão dividida (3 a 2) dos jurados: 28 a 29 (duas vezes para o japonês) e 29 a 28 (duas vezes) e 30 a 27 para o brasileiro.

Wanderson se classificou para as quartas de final e só precisa de mais uma vitória nesta quarta-feira para garantir medalha na competição, que reúne 385 atletas, de 78 países na cidade russa de Ecaterimburgo, na Rússia. Seu adversário será o indiano Manish Kaushik. O campeonato vai até domingo.

O meio-pesado Keno Marley Machado foi eliminado nas oitavas, ao perder para Bekzad Nurdauletov, do Casaquistão, por 4 a 1.

O outro representante do Brasil que continua na competição é o médio Hebert Sousa (até 75 quilos), que luta nesta quarta-feira em busca de um lugar na semifinal. Seu adversário será o italiano Salvatore Cavallaro.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeWanderson de OliveiraMundial de Boxe

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.