Wladimir Klitschko planeja retorno ao boxe para ser o campeão mais velho da história

Wladimir Klitschko planeja retorno ao boxe para ser o campeão mais velho da história

Afastado dos ringues há dois anos e meio, ucraniano, de 43 anos, quer enfrentar o norte-americano Deontay Wilder, em maio

Wilson Baldini Jr.

31 de outubro de 2019 | 20h33

 

O desejo de ser o campeão mais velho na categoria dos pesos pesados motiva Wladimir Klitschko a voltar aos ringues. Afastado desde abril de 2017, quando perdeu para o britânico Anthony Joshua, no estádio de Wembley,  o ucraniano revelou seu desejo de enfrentar o norte-americano Deontay Wilder, em maio.

Klitschko tem 43 anos e para bater a marca de George Foreman, campeão aos 45 anos, em 1994, vai precisar ficar na ativa pelo menos mais dois anos. O técnico Jonathan Banks afirmou que vai estar ao lado de seu pupilo.

“Eu disse a ele essas palavras: ‘Se é isso que você está decidido a fazer, você tem meu apoio 100%”, afirmou Banks. “Tudo o que sua mente está decidida a fazer, você pode fazer. E ele está fazendo.”

Tudo o que sabemos sobre:

boxeWladimir Klitschko

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: