A crise na base: Turquia campeã mundial sub-23 e BRASIL apenas em quinto

A crise na base: Turquia campeã mundial sub-23 e BRASIL apenas em quinto

Bruno Voloch

18 de setembro de 2017 | 09h25

A Turquia conquistou no fim de semana o título do mundial sub-23. Na final as turcas fizeram 4 a 0, a competição foi disputada em melhor de 7 sets, diante da Eslovênia.

Foi o primeiro título turco na história do torneio.

A República Dominicana, que mostra sinais claros de evolução também na base, foi bronze.

E o BRASIL?

Bem, a seleção, campeã em 2015, saiu da Eslovênia apenas com quinta colocação ao bater Cuba, adversário que eliminou o BRASIL na fase de grupos.

Fica claro que existe algo de errado na base do vôlei brasileiro. Não pode ser normal passar o ano zerado.

Acostumado a figurar no pódio, o BRASIL sequer teve representante nas melhores do mundial.

A turca Hande Baladin foi a MVP.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.