À sua maneira, Jaqueline mantém status de ídolo em Osasco

À sua maneira, Jaqueline mantém status de ídolo em Osasco

Bruno Voloch

25 de julho de 2020 | 09h29

Pode cravar: Jaqueline fica mais uma temporada em Osasco.

O blog apurou que as partes estão acertadas.

Jaqueline foi disparada a melhor jogadora de Osasco na última Superliga. Dedicada, calou os críticos, onde me encaixava, com foco, comprometimento, disciplina e espírito coletivo, talvez o principal ponto.

Resumindo: respeito no ambiente de trabalho sem individualidades deixando metais pessoais em segundo plano.

Mérito de Luizomar de Moura que apostou na contratação dela quando a jogadora tinha cotação baixa no mercado. E Jaqueline respondeu na bola.

Valorizada, teve seu trabalho reconhecido no clube.

E nem o retorno de Tandara, outra que tem a cara de Osasco, não ameaça o status de ídolo merecidamente conquistado por Jaqueline.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: