Amanda brilha e Flamengo acaba com jejum de 36 anos no Rio

Amanda brilha e Flamengo acaba com jejum de 36 anos no Rio

Bruno Voloch

20 de outubro de 2020 | 08h24

Amanda foi o nome do campeonato carioca.

A ponteira e capitã do Flamengo foi a melhor jogadora da competição.

Ela liderou o time do Flamengo em quadra na brilhante conquista do título estadual. Campanha 100%. Dois jogos e duas vitórias contra Tijuca e Fluminense, na final.

Isso tudo sem perder nenhum set, números que valorizam ainda mais o feito rubro-negro.

O maior mérito do time foi ter superado a falta de ritmo de jogo e os desfalques de Natinha, Ariele e Valquíria.

Resultado que impressiona e mostra a força do grupo. Título que entra para a história e encerra um jejum de 36 anos sem título para o Flamengo. Como Rio, foi o quarto título consecutivo.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: