As últimas cartadas do Sesc e a chance de Campinas contra Taubaté

As últimas cartadas do Sesc e a chance de Campinas contra Taubaté

Bruno Voloch

20 de fevereiro de 2020 | 07h47

A rodada que antecede o carnaval traz dois jogos interessantes. No Rio, o Sesc recebe o Cruzeiro e Campinas visita Taubaté.

O time carioca joga as últimas cartadas na Superliga. Uma vitória contra o líder e melhor time do BRASIL representaria muito mais do que 2 ou 3 pontos. O Sesc briga contra ele mesmo. Não consegue uma sequência positiva de resultados que possa dar a confiança necessária ao elenco.

E Giovane, o blog crava, tem trabalhado.

Vencer o Cruzeiro, o que para muitos é improvável, não só seria uma injeção de ânimo como faria o time até sonhar com o segundo lugar.

Isso porque Taubaté responde quando quer.

A crise que assola o time paulista reflete na campanha irregular e ninguém disfarça a insatisfação. A instabilidade emocional é claramente sentida no dia a dia e nos momentos de aperto nos jogos.

E não dá para cobrar.

Administração covarde e irresponsável.

Até Renan Dal Zotto, com inteira razão, dá sinais de cansaço.

Campinas pode sim se aproveitar do momento turbulento do adversário. Se conseguir minimizar os erros e jogar a pressão para o outro lado da rede, tem grandes chances de conseguir vencer.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: