Até tu, Osasco?

Até tu, Osasco?

Bruno Voloch

13 de agosto de 2019 | 17h24

O que era uma simples ameaça, virou realidade.

Jaqueline foi apresentada oficialmente como novo reforço de Osasco para a temporada 2019/2020. Reforço talvez não seja o termo mais apropriado.

No fim de junho o blog já adiantava a possibilidade de Jaqueline retornar ao clube.

Jaqueline, convenhamos, está longe de ser solução. Já foi. Viveu seus áureos tempos quando foi bicampeã olímpica. Curiosamente o último bom momento foi  justamente com a camisa de Osasco em 2012.

De lá pra cá, iniciou uma curva descendente absurda.

O desempenho dela nos últimos anos, por onde passou, responde. No Sesi, a ex-atleta da seleção brasileira foi a responsável pela demissão de Talmo, técnico na ocasião. Não ganhou nada no Minas em duas passagens e saiu zerada de Barueri.

Osasco arrisca ao contratar Jaqueline. Será preciso administrar o relacionamento dela com o grupo, evitar regalias, individualismo e frear qualquer atitude suspeita.

 

Tendências: