Barueri tem a solução em casa. Sai Amanda, entra Tainara.

Barueri tem a solução em casa. Sai Amanda, entra Tainara.

Bruno Voloch

05 Dezembro 2018 | 09h04

A insistência de José Roberto Guimarães com Amanda contribuiu e muito para que Barueri conhecesse mais uma derrota na Superliga.

Só que a jogadora tem abusado da paciência do técnico da seleção brasileira. E não é de hoje. O treinador vai sendo vencido aos poucos, se rendendo jogo a jogo e parece ter chegado ao seu limite com Amanda.

Essa é a esperança da torcida de Barueri.

José Roberto Guimarães enxergou o que todo mundo já viu faz tempo. E o pior, ou melhor no caso, é que a solução de Barueri está em casa e tem nome:

Tainara.

18 anos, corajosa, versátil e mão pesada. Não tem esse papo de que é apenas uma menina. É preciso arriscar, botar para jogar, sem se preocupar em queimar etapas.

É por aí o caminho de Barueri.

Tainara e Maira nas pontas, Amanda e Elina no banco.