Bauru prioriza Fabíola, fará ‘limpa’ nas pontas e abre vaga para duas estrangeiras

Bauru prioriza Fabíola, fará ‘limpa’ nas pontas e abre vaga para duas estrangeiras

Bruno Voloch

11 de março de 2019 | 08h36

A renovação de contrato da levantadora Fabíola é prioridade em Bauru.

O blog apurou ainda que o clube deverá dispensar, independentemente do tempo de contrato, Vanessa Janke e a cubana Yoana Palacio. Só uma ótima reta final de Superliga, no caso playoffs, salva Edinara que deverá ter o mesmo destino.

Quem subiu no conceito e ganhou pontos foi Gabi Cândido.

É bom mesmo que Valentina Diouf, conforme circula nos bastidores, tenha proposta para voltar ao vôlei italiano. Ela não aprovou e está fora dos planos. Nesse caso Bauru terá vaga para duas novas estrangeiras para a próxima temporada.

A tendência, até onde o blog foi, é que Tifanny renove e seja usada como oposta.

Bauru tem interesse nas permanências de Valquíria e Andressa. As duas porém devem ficar alertas porque o clube pretende trazer uma central de seleção brasileira.

Saraelen é negociável.

Anderson Rodrigues deverá ser mantido como técnico, o que não significa necessariamente que seja uma boa notícia. Depende do ponto de vista. Longe de ser unanimidade entre os torcedores, o treinador tem apoio irrestrito da direção do clube.