Bota a Sheilla, Nicola!

Bota a Sheilla, Nicola!

Bruno Voloch

03 de fevereiro de 2020 | 09h02

Se a famigerada Copa Brasil serviu para alguma coisa no Minas, foi para mostrar que Sheilla está pedindo passagem e não pode mais ser banco.

Nicola Negro não tem mais desculpa.

Caso não opte pela escalação dela como titular contra o Pinheiros, o técnico, além de colocar em risco seu futuro no clube, estará jogando contra e comprometendo a parte técnica.

Sheilla dá sinais de evolução, mas precisa de ritmo. E jogo. Ganhar confiança e entrosamento com Macris, mas isso só acontecerá se estiver em quadra.

A recuperação total dela passa pelas mãos dele e os playoffs se aproximam.

Nicola tem que sair de cima do muro. Decidir e optar pelo melhor para o time, acabando de vez com o revezamento que faz inclusive nos treinos.

O italiano terá ainda que administrar, se for o caso, a questão envolvendo Bruna, afinal ninguém gosta de perder a posição. E sem medo daquela conversa fiada de ‘perder ela’.

Bruna é profissional, não é nenhuma juvenil e terá papel importantíssimo como opção no banco.

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: