Campeonato à parte entre Praia e Minas e o deprimente Fla x Flu

Campeonato à parte entre Praia e Minas e o deprimente Fla x Flu

Bruno Voloch

14 de janeiro de 2020 | 09h39

O inacreditável contraste entre o vôlei carioca e mineiro chama atenção no enceramento do primeiro turno.

No Rio, um Fla x Flu absolutamente esvaziado, sem o charme de décadas passadas e para ninguém. O Flamengo brigando para não cair e o Fluminense, que até pouco tempo vivia cenário semelhante, jogando só para cumprir tabela.

Não é caso de Uberlândia que receberá o clássico entre Praia Clube e Minas. Rivalidade que cresce a cada temporada e jogo que vale a liderança da Superliga.

É sempre especial.

Ambos só perderam um jogo no campeonato.

Na última vez, do outro lado do mundo, deu Minas pelo mundial de clubes. O Praia em compensação foi campeão estadual em cima no maior rival.

1 ponto separa os dois na classificação.

É um campeonato à parte.

A técnica nem sempre é suficiente para definir o clássico, de grande envolvimento emocional.

O Praia investiu mais, tem inegavelmente mais elenco e opções. Em tese, fica com a obrigação, ainda mais em casa. O Minas surpreende pela regularidade, depende de Macris e Thaísa, mas esbarra na insistência do técnico com peças que não rendem.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: