Cruzeiro, em banho-maria, se despede da torcida em Contagem

Cruzeiro, em banho-maria, se despede da torcida em Contagem

Bruno Voloch

27 de março de 2016 | 09h03

O fanático e exigente torcedor do Cruzeiro já viu atuações bem melhores. A despedida diante da torcida no último jogo em casa na temporada foi bem simples.

O Cruzeiro jogou apenas para o gasto e ainda assim venceu o Sesi com tranquilidade por 3 a 1.

Antes de receber a taça de campeão em Brasília no dia 10, o time cumpre tabela na sexta, 1 de abril, em São Paulo, contra o mesmo adversário.

dsc2808

Mesmo sem o brilhantismo habitual, o Cruzeiro não foi ameaçado pelo Sesi. A derrota no segundo set serviu para acordar a equipe que ‘cozinhava’ discretamente a partida e levava o jogo em banho-maria.

O time veio arrasador no terceiro set.

Wallace e Leal, maiores pontuadores, foram bem discretos e não precisaram jogar 100%. O aproveitamento abaixo da média no bloqueio, 6 pontos em 4 sets, acabou não influenciando no resultado da partida tamanha a diferença entre Cruzeiro e Sesi.

dsc2658

O Cruzeiro resolveu no saque e no ataque.

Douglas Souza, uma das revelações da Superliga, foi o melhor jogador do Sesi e merece ser observado de perto.

 

 

 

 

Tendências: