Curitiba, sem limites, ignora Fluminense e bate meta antes do fim do turno.

Curitiba, sem limites, ignora Fluminense e bate meta antes do fim do turno.

Bruno Voloch

15 de dezembro de 2018 | 09h28

Estão deixando Curitiba sonhar.

O time, recém-promovido, conquistou a quinta vitória na Superliga ao derrotar o Fluminense por 3 a 0. Resultado que deixa Curitiba na vice-liderança da competição.

E já dá para sonhar com algo maior.

Curitiba foi aos 16 pontos, abre 10 do Pinheiros e se distancia cada vez mais da zona do rebaixamento que tem São Caetano com 4 e Camboriú com 1.

Esse era objetivo inicial antes da Superliga começar. Os números tranquilizam ainda mais os envolvidos no projeto se comparados ao que Valinhos e Sesi fizeram na temporada passada quando caíram com 7 e 4 pontos respectivamente.

O ‘penetra’ Brasília escapou com 13 e exatamente as 5 vitórias que Curitiba já alcançou antes mesmo do fim do primeiro turno.

O Fluminense é aquilo de sempre. Eventualmente assusta os grandes, mas nunca será confiável. Não é agora, porque venceu Osasco e Rio, que mudará de status.

 

 

 

 

 

Tendências: