Desconforto entre Lavarini e Bruna no Minas.

Desconforto entre Lavarini e Bruna no Minas.

Bruno Voloch

16 de janeiro de 2019 | 09h52

A injustificável impaciência de Stefano Lavarini com a oposta Bruna no Minas chama atenção. E não é de hoje.

O time do Minas vai mal, sempre sobra para ela.

Com Lavarini no comando do time tem sido assim.

A oposta é a primeira a ser sacrificada. Contra Barueri não foi diferente e lá foi Bruna para o banco, como se Malu fosse resolver todos problemas e derrubar as bolas.

Desde o início da temporada o técnico italiano, que indicou Bruna, tem se mostrado impaciente com a jogadora.

Tudo bem que Bruna erra e naturalmente, como toda atleta, tem seus altos e baixos. Mas a comissão técnica do Minas, que anda se achando muito mais do que é, não tem se mostrado nada coerente nas atitudes quando o assunto é ela.

O tratamento não é o mesmo.

Lavarini, que tem muita moral no clube, mais do que deveria, pode precisar dela lá na frente e se Bruna não responder o treinador será o responsável.

Aos poucos, desde o mundial, ele vem minando a confiança da jogadora que tem se mostrado profissional sem obviamente esconder seu descontentamento cada vez que é sacada do time.