Dinamo Moscou quebra barreiras e contrata Lauren Carlini, levantadora dos Estados Unidos

Dinamo Moscou quebra barreiras e contrata Lauren Carlini, levantadora dos Estados Unidos

Bruno Voloch

21 de julho de 2019 | 08h24

O tradicional Dinamo Moscou, da Rússia, agiu rápido.

A inesperada saída da levantadora Maja Ognjenovic para o Vakifbank da Turquia pegou os dirigentes de surpresa. A sérvia, campeã nacional pelo Dinamo na última temporada, já tinha dito que permaneceria no clube e havia assinado por mais um ano.

Acontece que os números apresentados pelo Vakifbank foram determinantes para que Maja mudasse de opinião e optasse pela saída.

O Dinamo então correu atrás e fechou com a norte-americana Lauren Carlini, campeã da Champions League pelo Novara e da VNL.

Lauren tem 24 anos e chega quebrando barreiras. Ela será apenas a segunda jogadora dos Estados Unidos que vestirá a camisa do clube russo em todos os tempos. A primeira levantadora.

Logan Tom foi a pioneira.

Carlini, segundo o blog apurou, ganhará cerca de 250 mil dólares pela temporada.

Tendências: