Diretor comercial pede demissão e aumenta crise na CBV.

Diretor comercial pede demissão e aumenta crise na CBV.

Bruno Voloch

05 de fevereiro de 2018 | 08h01

Mais um pediu o boné na CBV, Confederação Brasileira de Vôlei.

O blog apurou que Douglas Jorge pediu demissão e não é mais o diretor de marketing e comercial da entidade.

A saída dele deixa uma importante lacuna aberta na CBV.

Ninguém se pronunciou sobre o tema. O presidente da CBV, Walter Pitombo Laranjeiras, o Toroca, negocia com Douglas como será feito o acordo financeiro.

Douglas era o interlocutor oficial entre a CBV e a FIVB, Federação Internacional de Vôlei.

Procurado pelo blog, Douglas confirmou que está deixando a CBV:

‘Sim, procede a informação. São 3 anos no Rio e minha família é toda de São Paulo. Foi uma opção pessoal minha priorizando a família. Disse ao Toroca que vou continuar ajudando e captando recursos para a CBV de uma outra maneira. Não é fácil se desligar assim de uma hora para outra. Deixo amigos e a certeza de que fiz e dei o meu melhor durante esse período’.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: