E agora, Bernardinho?

E agora, Bernardinho?

Bruno Voloch

28 de março de 2016 | 08h22

Courtney ou Roberta?

Manter o time considerado titular ou a formação que terminou a segunda partida contra Osasco?

Qual será a opção de Bernardinho?

O jogo pode dar ao clube carioca o 11º título da Superliga.

Rexona-AdeS

O momento é todo de Roberta, responsável pela virada do Rio e a vitória por 3 a 1 na sexta-feira passada.

Pelo histórico do técnico seria mais fácil apostar na escalação da levantadora norte-americana de início.

Roberta é mais alta que Courtney, que defende mais que Roberta, que está mais entrosada que Courtney, que tem mais experiência que Roberta.

Tudo igual.

São estilos bem diferentes. Nada parecidos.

Rexona

Esse talvez seja um dos trunfos de Bernardinho. Não foram poucas as vezes que Roberta entrou e mudou a cara do Rio. Raramente não deu certo.

A decisão está nas mãos dele e indiretamente delas.

 

 

 

 

Tendências: