Era dia de Hooker e o Minas passou com louvor no primeiro teste

Era dia de Hooker e o Minas passou com louvor no primeiro teste

Bruno Voloch

19 Fevereiro 2017 | 16h18

Caixa postal lotada e cobrança nas redes sociais. Assinantes e internautas me perguntando sobre o post do jogo Minas e Osasco.

Óbvio que a gente falaria do clássico. De qualquer maneira fico lisonjeado com tamanha expectativa.

Depois dos fatos devidamente apurados dá para afirmar categoricamente que o Minas venceu Osasco com absoluta autoridade e passou com louvor no primeiro grande teste desde que contratou Hooker e Jaqueline.

volei_fem_camponesaminas_x_volei_nestle_sl_20

Repito o que escrevi antes da partida. Exceção feita a vitória contra Bauru, o Minas não cumpriu mais do que sua obrigação vencendo os demais adversários.

Com Osasco não. Time grande, de camisa e tradição, assim como o Minas.

Agora a coisa muda de figura. Vencer por 3 a 0 credencia ou começa a credenciar o Minas a incomodar nos playoffs.

Não foi uma vitória qualquer.

O Minas venceu o único time que derrotou o Rio na Superliga e pela segunda vez se levarmos em conta a inexpressiva Copa Brasil.

Por mais que muita gente discorde, e o blog não é unanimidade, Osasco é sim candidato ao título, o que valoriza ainda mais o feito mineiro.

Quis o destino que Hooker, ex-Osasco, acabasse com o jogo. Partidaço da oposta norte-americana que enche o fanático torcedor mineiro de esperança.

Hooker esteve inspiradíssima.

Não dá para falar muito de Osasco. Por incrível que possa parecer, a derrota muda pouca coisa em relação ao futuro. Se bater o Praia durante a semana, Osasco dificilmente deixará de ser segundo colocado na fase de classificação. Podem cobrar.

O Minas terá que continuar sua ascensão. Osasco ficou para trás. Os dois só se cruzam de novo numa final de Superliga.

volei_fem_camponesaminas_x_volei_nestle_sl_25

Para ser terceiro colocado ou continuar sonhando com o segundo lugar, o que é quase impossível, podem também cobrar, o Minas terá que derrotar Rio e Praia Clube e contar com uma pouco provável combinação de resultados.

Vai sair caro para o Minas o péssimo primeiro turno.