Exigências travam negociação entre Bauru e Fernanda Garay

Exigências travam negociação entre Bauru e Fernanda Garay

Bruno Voloch

12 Novembro 2015 | 09h44

Bauru ainda não desistiu de contratar Fernanda Garay.

O processo é lento demais e a expectativa da diretoria do clube era poder anunciar a jogadora da seleção brasileira ainda essa semana. Só que isso dificilmente acontecerá.

Ana Flávia, empresária da atleta, fez uma série de exigências e quer garantias de que a empresa que supostamente bancaria a operação não vai falhar com os compromissos.

111

A negociação se arrasta.

O blog fez contato com as partes envolvidas, mas Garay, talvez orientada, não retornou. Ela evita dar qualquer declaração e opta estranhamente pelo silêncio.

A jogadora não tem muitas alternativas.

Os principais clubes da Europa e da Ásia estão com seus respectivos elencos fechados, mas os representantes da atleta procuram alguma brecha.

No BRASIL, devido ao ranking, Garay fica quase sem opções.

O Minas, sem verba, pulou do negócio.

Bauru é uma das poucas esperanças.

fernandagaray62

Certo é que Garay ganha por um lado e perde do outro. No BRASIL, por mais vantajoso que possa ser o novo contrato, o valor é infinitamente inferior ao que recebia no Dinamo no primeiro ano.

Ficando no país, estará mais próxima da família e sob os olhos da comissão técnica da seleção.