Guangdong, da China, libera Rabadzhieva

Guangdong, da China, libera Rabadzhieva

Bruno Voloch

03 de janeiro de 2020 | 08h36

A búlgara Dobriana Rabadzhieva está liberada pelo Guangdong, da China.

A jogadora tem contrato com o clube até o fim de janeiro, mas a eliminação precoce do time no campeonato nacional deixa a atleta livre para negociar uma possível transferência para outro país.

Nada irá acontecer antes do dia 12, quando termina o pré-olímpico da Europa, na Holanda. A Bulgária é uma das seleções participantes.

Como o blog informou na virada do ano, 3 clubes brasileiros teriam interesse na contratação de Rabadzhieva.

O prazo para inscrever ela ou qualquer atleta estrangeira termina em 22 de janeiro.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: