Hoje tem. Bernardinho x José Roberto Guimarães é sempre diferente.

Bruno Voloch

11 de dezembro de 2018 | 08h44

Dois dos mais vitoriosos técnicos do vôlei mundial se enfrentam logo mais em São Paulo pela sétima rodada da Superliga. É dia de Bernardinho x José Roberto Guimarães ou Rio x Barueri.

Por mais que o jogo tenha bons atrativos como as presenças da campeãs olímpicas Dani Lins e Thaísa de um lado e a russa Kosheleva do outro, nada chama mais atenção que o duelo deles fora de quadra.

Só que diferente do habitual, especialmente no caso do Rio, os times chegam em condições adversas para a partida. O Rio perdeu em casa para o Fluminense e de quebra viu a invencibilidade na competição ir embora.

Barueri não joga desde a semana passada quando em casa perdeu de 3 a 2 para o rival Osasco.

Se vencer e sair de São Paulo com os 3 pontos, o Rio assume provisoriamente a liderança da Superliga. Acontece que o time terá completado a sétima partida, enquanto o Minas tem 4 e o Praia 5 jogos cada, ou seja, deixar a primeira e muito provavelmente a segunda colocação seria questão de tempo.

No caso de Barueri o cenário é mais complicado.

Uma derrota deixaria o time muito ameaçado de sair do G8, dependendo dos demais resultados. Em compensação, se ganhar, além de ter a oportunidade de jogar o Rio até para o quinto lugar, Barueri se consolida no bloco intermediário da Superliga.