Itália ensaia VAR, terá terceiro árbitro, tablets e libera numeração dos jogadores para temporada 2018/19

Itália ensaia VAR, terá terceiro árbitro, tablets e libera numeração dos jogadores para temporada 2018/19

Bruno Voloch

21 Junho 2018 | 08h29

A Itália, dona do melhor campeonato do mundo, sai novamente na frente.

A Liga vai aproveitar o sucesso do VAR (video assistant referee) na Copa do Mundo e gradativamente usar o sistema no vôlei. Para a temporada 2018/19 todos os jogos terão a participação do terceiro árbitro.

Ele ficará na mesa onde é normalmente disponibilizado o video challenge e terá comunicação direta com primeiro e segundo árbitros podendo interferir quando desejar via comunicação nos lances duvidosos.

Os dirigentes decidiram também aceitar o pedido dos jogadores e abrirão a numeração das camisas. Os atletas poderão usar do número 1 até 99. Antes a coisa era restrita entre 1 e 18.

A Itália adotará os tablets, já usado nos jogos oficiais da FIVB, Federação Internacional de Vôlei, que permitirão que o banco, os árbitros e o computador informem as mudanças dos jogadores em tempo real, ou seja, não haverá mais uma sinalização visual de qual jogador está deixando a quadra.

O banco pedirá a alteração digitando o número dos jogadores que entram no tablet.