Jaqueline ‘estreia’ e se destaca na despedida da seleção do BRASIL

Jaqueline ‘estreia’ e se destaca na despedida da seleção do BRASIL

Bruno Voloch

12 de julho de 2015 | 11h52

Jaqueline, enfim, fez sua estreia na temporada.

A jogadora substituiu Fernanda Garay ainda no primeiro set e foi uma das responsáveis pela virada da seleção e a vitória por 26/24.

O time brasileiro começou muito mal a partida. Abusou dos erros de saque, foi instável no passe, ganhou ajuda da arbitragem no desafio e se superou graças a entrada de Jaqueline e fragilidade do time alemão na recepção.

brsil 22

Como era de se esperar, Zé Roberto manteve Jaqueline em quadra como titular para o segundo set.

Do lado da desfalcada Alemanha, a boa e habilidosa Brinker, maior pontuadora, e a central Kozuch, conseguiam manter o time no jogo.

Jaqueline seguiu pontuando e fez a diferença para a seleção brasileira no segundo set surpreendentemente ainda equilibrado.

zéee

O cenário não mudou para o terceiro set. Zé Roberto ainda botou em quadra Barbara e Sassá. Garay voltou ao jogo no lugar de Gabi.

O BRASIL sofreu até o fim, enfrentou dificuldades, mas conseguiu fechar com novo 26/24.

Jaqueline foi a melhor jogadora em quadra, mas vale ressaltar o bom jogo de Joycinha. A atacante fez sua melhor partida desde que foi convocada para a seleção. Segura e confiante, rodou bolas importantes.

hanssss

Juciely foi superior a Carol.

A seleção vence a sexta seguida e agora terá cara e comando diferentes para as próximas etapas do Grand Prix.

Será um outro campeonato, inclusive a fase final.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.