Leyva carrega Osasco nas costas e time faz as pazes com a vitória em Barueri.

Leyva carrega Osasco nas costas e time faz as pazes com a vitória em Barueri.

Bruno Voloch

05 Dezembro 2018 | 00h43

Não foi só a primeira parte da partida disputada na sexta-feira passada que fez a diferença.

Na ocasião, Osasco abriu 1 a 0 e o jogo foi suspenso por causa das goteiras em quadra. Na segunda parte, venceu 2 sets. Barueri também.

Discreta há 4 dias, Leyva dessa vez jogou por ela e principalmente por Hooker.

A ponteira peruana teve aproveitamento de oposta e carregou Osasco nas costas na vitória por 3 a 2. Hooker, que chegou ao ponto de atacar por baixo da rede, continua devendo e deixando muito a desejar.

Do outro lado, Barueri não tinha problema na posição.

Skowronska, 30 pontos, sobrou em quadra na saída de rede. As ponteiras em compensação ficaram devendo, especialmente Amanda que só para variar entregou o terceiro set.

É uma rivalidade que cresce cada vez que Barueri e Osasco se cruzam. E novamente com 3 a 2, oscilação e muitos erros.

Leyva e Skowronska foram as exceções e salvaram o clássico paulista.