Maja Poljak é a esperança da Croácia no Campeonato Europeu

Maja Poljak é a esperança da Croácia no Campeonato Europeu

Bruno Voloch

25 de setembro de 2015 | 18h26

A partir de hoje a Europa passa a ser o foco.

Holanda e Bélgica recebem o Campeonato Europeu feminino de seleções. O torneio é um dos mais tradicionais e importantes do mundo e será disputado entre os dias 26 de setembro e 4 de outubro.

16 seleções divididas em 4 grupos vão lutar pelo titulo em 2015.

O blog acaba de falar com Maja Poljak, estrela da seleção da Croácia e uma das centrais mais valorizadas do vôlei mundial.

A Croácia estreia contra a Bielorrússia. Bulgária e Rússia completam o grupo C.

maja-poljak Maja enaltece a força dos adversários e as dificuldades que a Croácia terá no campeonato:

‘É um campeonato fortíssimo em todos os sentidos. Muito equilibrado. Não tem como fugir da tradição da Rússia, do ótimo momento da Sérvia (já classificada para a olimpíada) e da experiência da Itália. Não posso esquecer da Holanda. Jogando em casa serão muito mais perigosas do que o normal’.

A jogadora foi sincera, objetiva e admitiu que o Europeu servirá para avaliar as reais condições da seleção:

‘Vamos procurar aproveitar ao máximo esse campeonato, ganhar ainda mais confiança e encarar como um primeiro degrau visando nossa classificação para a olimpíada. Fizemos um belo trabalho de preparação e chegamos muito fortes. Agora uma coisa são os treinos e jogos de preparação, outra coisa é o campeonato de verdade. Torço o grupo inteiro esteja forte e inspirado.

Neriman+Ozsoy+Maja+Poljak+Women+Volleyball+exKIikTiZU4l

Aos 32 anos, Maja disse que não se importa com as cobranças e encara com naturalidade o peso de ser a jogadora mais importante do time:

‘Jogo vôlei há muitos anos. Sei da minha responsabilidade para o time, mas não encaro isso como um peso, pelo contrário, procuro me dedico cada vez mais e espero ser um espelho para as minhas companheiras’.

A atleta respondeu com bom humor a possibilidade de um dia jogar no BRASIL. O torcedor brasileiro porém não deve ter muitas esperanças:

‘Adoraria poder jogar um dia no BRASIL. Tenho maior admiração pelo vôlei brasileiro e os resultados da seleção falam mais do que qualquer coisa. Hoje tenho compromissos que me impedem de sair e estou feliz. Fora isso o tempo passa e não sei se vou estar inteira (Maja ri) até porque a idade chega para todos. Honestamente, não penso em jogar por muito mais tempo.

1571526-maja-poljak2

A jogadora do Eczacibasi da Turquia mostra timidez ao falar do lado mulher. Prefere voltar ao tema vôlei.

Por fim, Maja rasga elogios ao trabalho do brasileiro Ângelo Vercesi, técnico que foi contratado para tentar classificar a Croácia para os jogos olímpicos do Rio:

‘O Ângelo acredita muito no trabalho dele. É importante para nós. Ele em pouco tempo mudou nosso estilo de jogo. Ele gosta de jogar com muita velocidade. Cobra muito e não aceita com passividade a derrota. Acho que já está ajudando e mudando a característica do vôlei da Croácia’.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: