Mesmo sem confirmação dos jogos, Irã negocia com Alekno e Anastasi para Tóquio 2021

Mesmo sem confirmação dos jogos, Irã negocia com Alekno e Anastasi para Tóquio 2021

Bruno Voloch

29 de julho de 2020 | 13h01

A Federação de Vôlei do Irã, um dos países mais atingidos pelo coronavírus, vai agindo como se os jogos olímpicos de Tóquio fossem acontecer normalmente.

Os dirigentes negociam com 2 nomes para dirigir a seleção masculina em 2021.

O campeão olímpico Vladimir Alekno seria a primeira opção.

Andrea Anastasi, da Itália, surge como plano B.

O Irã não abre mão de contar com um treinador estrangeiro nos jogos.

A seleção, sob comando do argentino Raul Lozano, foi quinta colocada no Rio em 2016.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: