Minas respira, estrangeiras salvam Praia e ‘novo’ Osasco lidera Superliga.

Minas respira, estrangeiras salvam Praia e ‘novo’ Osasco lidera Superliga.

Bruno Voloch

18 Novembro 2015 | 07h47

Osasco continua folgado na liderança da Superliga.

O atual campeão paulista venceu com tranquilidade São Bernardo por 3 a 0, chegou aos 9 pontos e segue na ponta da tabela com 100% de aproveitamento. Osasco ainda pode comemorar a derrota do arqui-rival Rio de Janeiro para Bauru.

444

Luizomar de Moura parece mesmo disposto a mudar de filosofia. O técnico usou  novamente uma escalação diferente. Dessa vez sobrou para Gabi. A levantadora Dani Lins foi poupada. Carcaces e Suelle foram as ponteiras, Ivna voltou para o banco e Lise jogou como titular.

Em São Caetano, o Minas enfim venceu a primeira partida na Superliga.

Após a derrota inesperada para Rio do Sul na estreia da competição, o Minas suou, precisou de 5 sets, mas derrotou São Caetano por 3 a 2 com 15/12 no tie-break.

O São Caetano está em décimo com apenas 1 ponto. O Minas é nono com 2.

333

O Praia Clube sofreu nas mãos do penetra Brasília. Mesmo jogando diante da torcida, o time mineiro deixou escapar um set, ganhou de 3 a 1 e somou mais 3 pontos. Brasília até que resistiu e fez dois sets equilibrados.

Daymi Ramirez e Alix Klineman, as estrangeiras do Praia Clube, foram decisivas.

O Praia está em terceiro lugar com 6 pontos em 2 jogos.

Em Valinhos, o Pinheiros passou sufoco no terceiro set mas derrotou o time da casa por 3 a 0.