Murilo descobriu a América

Murilo descobriu a América

Bruno Voloch

28 Agosto 2015 | 16h15

Murilo, enfim, dá sinais de recuperação.

Se dentro de quadra o jogador continua dando prejuízo e segue distante do ideal, do lado de fora o atleta mostra coerência com as palavras.

Após o fracasso na Liga Mundial, a seleção brasileira treinou algumas semanas em Saquarema e viajou para fazer amistosos fora do BRASIL.

murilo

Nos Estados Unidos já enfrentou 3 vezes os norte-americanos e venceu duas partidas. Bons resultados.

Depois irá ao Canadá e a França.

É o máximo que o calendário permitirá.

Os jogos servirão de preparação para o Sul-Americana que será jogado no fim de setembro em Maceió.

Em recente entrevista, Murilo evoluiu e usou de sinceridade se referindo a possibilidade do BRASIL ser campeão em 2015:

‘O Sul-Americano não acrescenta nada para nós. Não sabemos com qual equipe Argentina participará e no fundo sabemos que é a única seleção capaz de dar trabalho ao BRASIL. Os outros adversários são realmente muito fracos. Não vai valer a pena. A Copa do Mundo, sim, seria um grande teste. Jogaríamos várias partidas contra times de alto nível’.

Nada é tão óbvio que não possa ser redundante.

Murilo se superou.

Murilo descobriu a América.