Não é o joelho que (ainda) ameaça participação de Natália no mundial.

Não é o joelho que (ainda) ameaça participação de Natália no mundial.

Bruno Voloch

20 Setembro 2018 | 20h11

O blog só chega ao Japão para a segunda fase do mundial que será jogada em Nagoya a partir de 7 de outubro.

As notícias que chegam de lá, onde a seleção desembarcou há cerca de 12 horas, são animadoras em relação as condições físicas de Natália.

O blog apurou que a jogadora está praticamente recuperada da tendinite no joelho. Não será esse o problema que irá tirar a atleta do mundial.

Diferente do que foi dito antes do embarque e anunciado oficialmente, o que pode afastar Natália da competição não é o joelho e sim as dores que ela vem sentindo na canela operada em 2011.

A haste colocada no local tem incomodado além da conta e tem sido o único empecilho para que ela possa participar dos treinos com a frequência esperada.

A questão é só essa.

Nada de joelho.

E Natália tem se esforçado, vem superando as dores e tentando ao máximo acompanhar o ritmo do grupo.