Nicole Fawcett evita vexame e Praia perde gordura na Superliga

Nicole Fawcett evita vexame e Praia perde gordura na Superliga

Bruno Voloch

30 de janeiro de 2019 | 07h44

O Praia Clube penou e não vai encontrar nenhuma justificativa que convença para explicar o ponto perdido em casa para o ‘penetra’ Brasília.

A ausência de Fernanda Garay, poupada por Paulo Coco, não serve como desculpa. Com ou sem ela o time tinha obrigação de fazer 3 a 0 e virar a chave para a Copa Brasil.

Mas não foi bem isso que aconteceu em Uberlândia e Nicole Fawcett evitou que o Praia Clube passasse o maior vexame da temporada diante do torcedor.

A norte-americana fez 28 pontos na suada vitória por 3 a 2. Números que não podem ser menosprezados mesmo diante de um adversário tão fraco tecnicamente como o caso de Brasília.

Carol foi outra que manteve o nível.

A gordura que o Praia tinha para queimar acabou. O Minas encostou de vez.

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'