Ombro tira Tandara e Bia da seleção por 3 semanas; Natália, ainda sem saltar, é dúvida para Montreux.

Ombro tira Tandara e Bia da seleção por 3 semanas; Natália, ainda sem saltar, é dúvida para Montreux.

Bruno Voloch

24 Agosto 2018 | 17h29

A surpreendente convocação de Monique tem explicação.

A 35 dias do Mundial do Japão, onde o blog estará presente, o cenário na seleção brasileira é preocupante. Como se não bastasse a indefinição quanto a participação de Natália, o time ganhou dois novos problemas.

Bia e Tandara estão lesionadas e praticamente fora do Montreux Volley Masters. A competição será jogada entre os dias 4 e 11 de setembro na Suíça.

Tandara, principal jogadora da seleção, terá que ficar, segundo o blog apurou, 15 dias sem atacar. Bia também tem uma lesão no ombro e vai parar por 3 semanas.

Carol, outra central, até onde o blog chegou, também andou reclamando do ombro. Adenízia, que luta contra as dores nas costas, deu um susto ontem ao sentir o joelho, mas nada grave foi constatado.

O caso envolvendo Natália é complicado. Faltando pouco mais de 1 mês para o Mundial do Japão, a jogadora segue em tratamento no Minas e não treinou com a seleção em São Paulo essa semana. Natália sequer começou a saltar.

A boa notícia para José Roberto Guimarães foram os retornos de Suellen e Drussyla aos treinos. Fernanda Garay estará à disposição na Suíça.