Organização ‘falha’. França ignora evento-teste e Brasil no Maracanãzinho.

Organização ‘falha’. França ignora evento-teste e Brasil no Maracanãzinho.

Bruno Voloch

15 de julho de 2015 | 17h07

O Brasil preparou a festa.

O Maracanãzinho abriu as portas para as finais da Liga Mundial, evento-teste para a Olimpíada de 2016.

Os organizadores do evento porém deixaram escapar um pequeno detalhe e não avisaram a França, convidada de honra.

frança 1

Com a bola rolando o que se viu foi domínio completo dos franceses que alcançaram a décima terceira vitória consecutiva na competição.

E poderia ter sido ainda pior. 3 a 1 acabou sendo pouco tamanha a diferença entre as duas seleções.

A maior delas numa das pontas. Ngapeth e Murilo. O brasileiro marcou 5 míseros pontos no jogo, enquanto o francês fez 21.

frança 2

Bernardinho coloca Lipe esporadicamente, mas Murilo segue intocável e prestigiado pelo técnico. Hoje a seleção pagou novamente o preço.

A França teve ainda Rouzier inspiradíssimo no saque. O líbero Jenia é muito bom de bola. Seguro e eficaz.

Lucão e Isac não comprometeram. Evandro foi regular. Vissoto entrou mal e sem ritmo.

Bruno fez o de sempre e Toniutti fez diferente.

frança 3

Ritmo foi o que não faltou aos franceses. Depois do susto inicial, quando  quase virou o primeiro set, a França tomou conta da partida.

Venceu com autoridade. Sobrou.

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.