Praia e Minas continuam no mesmo patamar; Rio e Osasco em outro completamente diferente.

Praia e Minas continuam no mesmo patamar; Rio e Osasco em outro completamente diferente.

Bruno Voloch

19 Janeiro 2019 | 07h48

Os 4 grandes ganharam na primeira rodada do returno.

Os resultados porém mostraram que Praia e Minas continuam num patamar acima de Rio e Osasco.

Enquanto os times mineiros passaram fácil por Balneário e Brasília marcando 3 a 0, os dois maiores vencedores da Superliga deixaram escapar um set contra Curitiba e São Caetano.

Isso mostra que Rio e Osasco ainda não encontraram a regularidade desejada.

Exceção feita ao Curitiba, em ligeira queda, todos os outros lutam contra o rebaixamento o que acentua os problemas de Rio e Osasco na Superliga.

O Rio ainda foi beneficiado pela derrota de Bauru para Barueri e saiu do quinto para o quarto lugar. Osasco não andou. Segue em sexto lugar mas com o mesmo número de pontos de Bauru.

Os dois se enfrentam na próxima rodada.

O desenho da Superliga é bem claro com Praia e Minas de um lado, lutando pela ponta, e os outros 4, Barueri, Rio, Osasco e Bauru, brigando do terceiro ao sexto.

Esse cenário dificilmente será alterado.