Praia leva título e lição de Claudinha. Rio entra para história com goleada inédita

Praia leva título e lição de Claudinha. Rio entra para história com goleada inédita

Bruno Voloch

22 de abril de 2018 | 12h40

O Praia deixou para quebrar o tabu numa das viradas mais improváveis da história da Superliga. O primeiro título do clube chega com uma goleada inesquecível diante do poderoso Rio.

4 a 0, com 3 a 0 no tempo normal e a vitória no golden set.

O mal que durante muitos anos assombrou o Praia foi enfim extirpado. E em grande estilo.

O Rio não esperava e foi surpreendido pela concentração e agressividade do adversário. Só que a diferença foi Claudinha. A levantadora do Praia fez seu melhor jogo com a camisa do clube justamente na final. Isso tudo sabendo que não está nos planos para a próxima temporada e sabendo da chegada de Carli Lloyd.

Claudinha calou a boca dos críticos. Claudinha foi a protagonista. Claudinha foi profissional e transformou, inconscientemente, Garay, Fabizona e as demais companheiras em figurantes.

A levantadora deixa o Praia pela porta da frente e como a grande responsável pelo primeiro título brasileiro do clube.

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: