Preparador físico de Taubaté vetou contratação de Evandro, campeão olímpico

Preparador físico de Taubaté vetou contratação de Evandro, campeão olímpico

Bruno Voloch

19 de outubro de 2020 | 08h10

Evandro esteve muito perto de vestir a camisa de Taubaté.

A negociação só não aconteceu porque Renato Bacchi, preparador físico de Taubaté, vetou a chegada do jogador. O blog apurou que foi ele o principal responsável.

Coincidentemente, Bacchi exerce a mesma função na seleção brasileira.

Evandro não teve mais chances de jogar pelo BRASIL.

Renan Dal Zotto, conforme o blog antecipou, indicou Gabriel Cândido e Felipe Roque ao clube antes de deixar Taubaté. Os responsáveis pelo vôlei do clube, inocentemente, aceitaram as sugestões e a posição de Bacchi.

O resultado não demorou a aparecer. O time, sem oposto, perdeu a hegemonia estadual para Campinas.

Renato Bacchi, segundo consta, não foi cobrado e continua dando as cartas.

Enquanto isso, Evandro, multicampeão pelo Cruzeiro, foi jogar no Kuwait.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.