Responsabilidade 100% do Cruzeiro. Responsabilidade zero de Taubaté.

Responsabilidade 100% do Cruzeiro. Responsabilidade zero de Taubaté.

Bruno Voloch

20 de abril de 2018 | 07h42

De hoje não passa.

O Cruzeiro saiu do buraco, empatou a série semifinal e é muito favorito logo mais contra Taubaté. A pressão e obrigação de classificação estão do lado azul.

Tem a tradição, torcida e emocional a favor.

Taubaté entra em quadra sem qualquer responsabilidade o que pode tornar o jogo perigoso para o Cruzeiro, assim como na primeira partida quando foi surpreendido.

O time paulista é traiçoeiro.

O saque, se entrar, seja para que lado for, decide o finalista. É o fundamento capaz de desequilibrar o jogo.

A série andou passando um pouco dos limites. Cabe a arbitragem segurar o jogo. Quem souber controlar os nervos, se na bola a coisa estiver equilibrada, pode passar.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: