Rio mostra força política, CBV acata e escala mesmo árbitro para Rio x Praia

Rio mostra força política, CBV acata e escala mesmo árbitro para Rio x Praia

Bruno Voloch

14 de fevereiro de 2020 | 10h42

O Praia Clube que se cuide.

Se não quiser ser a próxima vítima e manter a liderança da Superliga, o time terá que jogar muita bola, superar a pressão do lado de fora da quadra e a arbitragem.

A força do Rio, de Bernardinho, nos bastidores foi definitivamente comprovada com a decisão da CBV, Confederação Brasileira de Vôlei, de escalar o mesmo árbitro que ‘operou’ Osasco há 3 dias mostrando inacreditável falta de bom senso.

Felipe Antônio Santos da Silva, ele mesmo, será o responsável por conduzir o Rio x Praia no Tijuca. Jogo que vale a liderança da Superliga.

O também carioca, Flavio Fukuda, será o segundo árbitro.

Shirlei Regina, que também atuou contra Osasco, ficou de fora.