Rio não terá estrangeira e reduz em até 50% salários das jogadoras

Rio não terá estrangeira e reduz em até 50% salários das jogadoras

Bruno Voloch

19 de maio de 2020 | 08h09

O Rio, de Bernardinho, vai juntando os cacos e tentando sobreviver.

Primeiro veio o corte no orçamento. Depois a parceria com o Flamengo, já definida internamente. As medidas porém não foram suficientes para aliviar a crise financeira.

Não por enquanto.

O blog apurou que o clube irá reduzir em até 50% os salários das jogadoras. Sem verba, o Rio não terá nenhuma estrangeira no elenco.

As principais atletas do time que renovaram seus respectivos contratos serão as mais atingidas, como Fabíola, Drussyla, Amanda e Juciely.

Nos casos de Natinha, Milka e Ariele a redução será menor e compatível ao patamar salarial.

Até onde o blog chegou, ninguém escapará, inclusive Lorenne, que foi contratada recentemente. Ela acertou por um valor e terá que se contentar com outro. O mesmo vale para Valquíria, ex-Bauru, e Juma, caras novas para a próxima temporada.

A decisão já foi comunicada ao grupo e com a promessa de ‘recuperar’ os cortes até abril de 2021.

Tomara.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.