Salta, chico! Chocolate do Cruzeiro antecipa Páscoa do Sesi.

Salta, chico! Chocolate do Cruzeiro antecipa Páscoa do Sesi.

Bruno Voloch

11 Março 2018 | 07h45

Parecia jogo de adulto contra juvenil. Disparidade inacreditável.

O Cruzeiro bateu. Bateu sem dó fora de casa no Sesi. 3 a 0 daqueles incontestáveis para mostrar quem ainda é o bicho-papão e favorito ao título.

A conhecida apatia do Sesi nas horas decisivas ficou ainda mais evidenciada. Esse tal de Douglas Souza, campeão olímpico, é o maior exemplo. Simplesmente some quando o time precisa.

Rubinho, pensando exclusivamente na integridade física do grupo, agiu com extrema prudência ao tirar o líbero Murilo de quadra no terceiro set.

Impressionou a agressividade do Cruzeiro especialmente no saque. Foram 14 pontos. Só Leal marcou 5.

Chama atenção a maneira como o Cruzeiro se impõe e o respeito dos adversários quando cruzam com a camisa celeste do outro lado da rede.

E não é para ter?