‘São Caetano não vai cair’, crava Rizola.

‘São Caetano não vai cair’, crava Rizola.

Bruno Voloch

11 de fevereiro de 2019 | 12h12

‘O São Caetano não cai’.

Quem garante é o técnico Antônio Rizola.

Fato é que um dos mais tradicionais clubes do vôlei brasileiro, ainda está ameaçado de rebaixamento na Superliga. Apesar das duas vitórias consecutivas, uma delas contra o atual campeão Praia Clube, o time se encontra em situação delicada na classificação com apenas 11 pontos na décima primeira colocação.

‘Digo que tenho enorme confiança no grupo. Infelizmente tivemos inúmeros problemas de lesões na temporada. Não é desculpa, mas para ter uma noção só tive todas as jogadoras nas mãos há duas semanas e isso interfere diretamente no planejamento’, disse Rizola ao blog.

Com Balnerário virtualmente rebaixado, São Caetano luta contra o ‘penetra’ Brasília e Pinheiros pela permanência na elite. 3 pontos separam o time do Pinheiros, enquanto Brasília, próximo adversário, tem 13.

‘É mais uma decisão que teremos. Uma vitória já nos tira dessa desagradável posição. Jogaremos em casa e se a gente repetir o que fizemos contra o Praia e Curitiba não tenho duvida que venceremos a partida e podemos terminar a rodada com o mesmo número de pontos do Pinheiros que pega o Praia’.

A sequência de jogos faz Rizola pensar inclusive nos playoffs.

‘É distante, mas é possível até porque cruzamos com Pinheiros e Fluminense ainda. Fora isso os dois (Fluminense e Curitiba) terão uma tabela dura pela frente e se enfrentam, ou seja, vão perder pontos obrigatoriamente’.

Além de São Caetano x Brasília, a sexta rodada do returno envolvendo aqueles que lutam para cair tem Fluminense x Rio, Bauru x Curitiba e Osasco x Balneário.

 

 

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'