‘Seleção de 2016 era melhor do que 2012’ , diz José Roberto Guimarães

‘Seleção de 2016 era melhor do que 2012’ , diz José Roberto Guimarães

Bruno Voloch

04 Outubro 2016 | 07h56

Nem sempre vence o melhor. O ditado é bem conhecido no esporte.

É dessa maneira que pensa o técnico da seleção brasileira José Roberto Guimarães. Na opinião dele, mesmo tendo sido eliminado nas quartas de final pela China, a seleção  que jogou a Olimpíada do Rio era superior ao time medalha de ouro em Londres em 2012.

‘Essa equipe de 2016 era melhor e mais forte fisicamente. Em Londres não tínhamos um grupo com tantas opções e variáveis. Não posso jamais tirar os méritos. Ganhamos por merecimento numa campanha de recuperação. Não custa lembrar porém que quase ficamos de fora ainda na fase de classificação e só passamos graças ao comprometimento dos Estados Unidos’.

brasil-x-japao-jose-roberto-guimaraes-rio-2016-01-ivan-015

O técnico explica que a seleção chegou muito bem preparada para o Rio e fala em fatalidade para explicar a queda para a China:

‘Treinamos muito. Não faltou nada. Essas meninas estavam voando, inteiras, dando na bola e fazendo treinos contra homens. Sabíamos de todas as marcações da China. Detalhe por detalhe. Sempre deixei claro para elas que não seria um jogo fácil apesar delas terem ficado em quarto lugar do outro lado. Foi uma fatalidade’.

José Roberto Guimarães, conforme o blog noticiou, trabalha nos bastidores e espera em breve confirmar oficialmente a presença de Barueri na disputa da Superliga B.